Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2014

Frutos do trabalho na Educação

Imagem
Neste Natal,  a professor Maria Helena Sotto Maior, teve um dos mais gratificantes presentes que uma professora possa receber.

Trata-se do lançamento de um livro de poesias da autora Gisele Rangel, intitulado “A Voz dos Sentimentos em Tom de Poesia”.

Ela teve a honra de participar da revisão desse trabalho tão belo.

O evento para autógrafos da obra está previsto para 05/03/2015 na Rua Bela Cintra, 532 e conta com a presença de todos os amigos

A autora Gisele foi nossa aluna do Vianello e a Professor Maria Helena teve o prazer de desenvolver alguns projetos dentre eles um projeto de Poesia, era uma sala de Recuperação de Ciclo 8 E, ocasião em que ela começou a escrever poesias juntamente com os outros alunos. Esse Projeto foi exposto no Clube do Banco do Brasil e hoje Gisele publica seu primeiro livro de poesias.

Veja algumas fotos do Projeto de  Recuperação de ciclo no ano de 2002 no Vianello. A professora, na ocasião, trabalhou com três projetos: Poesia, Histórias que a família conta e J…

Mensagem

Imagem

Insegurança na Adolescência

A proposta do trabalho era produzir um texto dissertativo a partir do tema adolescência, o texto escolhido da 8º série A se destacou pela forma como a aluna conseguiu atender aos objetivos propostos, fazendo uma produção digna de ser publicada e utilizada como referência para os demais alunos interessados em fazer um texto com qualidade.


Professora Kristiane  - Língua Portuguesa



Insegurança na Adolescência
       Ser adolescente é se sentir inseguro e incompreendido, às vezes, estranhar mudanças que estão ocorrendo nesta fase. É como se não fôssemos mais nós mesmos, estamos estranhos, como se a criança de antes não existisse, nos tornando pessoas novas que mal conhecemos.

       Essa insegurança faz parte desta fase, o fato de mudar e construir uma personalidade do "zero" não é fácil. Os adolescentes se sentem incompreendidos, mas nem eles se entendem, com a mente e corpo mudando a cada dia. Ele percebe que não é mais criança, que agora esperam mais dele, que precisa amadurecer …