quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

A arte ... transformando alunos

A arte transformando os alunos. Os alunos criando suas animações e seus videoclipes

Os alunos do 2° Ano do Ensino Médio A e B, sob a orientação da Profª Clarice Leal (Artes), realizaram um trabalho de apreciação e contextualização sobre a animação e os diversos tipos de técnicas. Realizaram pesquisas sobre a história dos desenhos animados e o surgimento das primeiras animações. Os alunos aprenderam a técnica de animação em Stopmotion. Após vários testes e conversas sobre o tema, os alunos se reuniram em grupos e criaram suas próprias animações.

Os trabalhos começaram na sala de aula, criando roteiros e fazendo as primeiras gravações, com a continuidade em casa, trabalhando na edição dos vídeos.
Um dos programas utilizado foi o Monkey Jam, uma plataforma gratuita que transforma fotos em vídeos e as sequências das imagens foram feitas pelas câmeras dos celulares dos alunos.


Já os alunos dos 3° Ano do Ensino Médio A e C, a professora realizarou um debate questionando a utilização da tecnologia para auxílio da arte. O trabalho envolveu videoclipes como forma de propagação artística com o intuito de atingir o maior número de pessoas.

Foi possível transformar uma ferramenta comercial (o videoclipe) em uma ferramenta onde se transmite arte de maneira divertida.
O trabalho foi realizado com base no clipe “70 millions - Hold Your Horses”. Os alunos se dividiram em grupos e criaram sua própria versão do videoclipe, utilizando obras de arte.



 

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

RELEITURA VIVA

Releitura Viva - Os alunos do Ensino Médio fazendo e aprendendo com a Arte

Releitura de Dante Alighieri - Botticelli
Os alunos dos 1° anos do ensino médio B e C, trabalharam com a mudança no pensamento artístico dos movimentos com o tempo.

Foram explorados o Renascimento, o Neoclassicismo, o Romantismo, o Realismo e o Expressionismo.

Após contextualização, os alunos formaram grupos e receberam um dos movimento artístico trabalhado em aula.

Eles  deveriam apresentar um pequeno seminário sobre o movimento artístico, escolher uma obra que representasse esse movimento e fazer uma " Releitura Viva".

Clique aqui para ver as fotos do trabalho desenvolvido com os alunos

O trabalho foi orientado pela professora Clarice Leal.

Reconectta - Projeto Horta

Um novo projeto em parceira com o Reconectta começa a ser realizado no Vianello


A Reconectta em como missão mudar e ressignificar as conexões humanas: nossas relações com o meio ambiente, com o outro e com nós mesmos. 

Esse é nosso jeito de deixar o mundo um lugar mais equilibrado e gostoso de se viver!

Em agosto teve início as oficinas do projeto Horta na escola. 

Durante o semestre foram realizadas diversas formações com a comunidade escolar.

Para saber mais clique aqui.

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Seminário "SÍNDROMES"

"Diversas doenças são causadas por problemas na divisão celular que levam a variações no número ou estrutura dos cromossomos.  Essa desordem genética constitui-se as Síndromes."

Eliane de Souza Evangelista - Profa. de Biologia



A professora Eliane de Souza Evangelista, professora de Biologia do 2º B – Ensino Médio, realizou um trabalho de pesquisa sobre Genética, criando o Seminário “Síndromes”.
Os trabalhos apresentados foram:

SÍNDROME DE TURNER - um distúrbio genético de origem ainda desconhecida, sem qualquer afinidade hereditária, é condicionado por uma anomalia numérica relacionada ao cromossomo sexual, caracterizada pela deleção de um cromossomo X.

SÍNDROME DE KLINEFELTER - trata-se de uma anomalia (Aneuploidia), uma mutação cromossômica numérica, há acréscimo de um cromossomo sexual no conjunto diploide de um indivíduo.

SÍNDROME DE DOWN -  A Trissomia do Cromossomo 21, por causa do excesso de material genético do cromossomo 21, que ao invés de apresentar dois cromossomos 21 o portador desta síndrome, possui três.

Após as apresentações a professora disse que se emocionou ao ver os alunos esbanjando conhecimento sobre o assunto e falando sobre inclusão ... não no mundo, não lá fora!  ...mas aqui dentro da escola!




Vejam dois depoimentos de alunos:

"Devemos fazer tudo que está em nossas mãos para que as pessoas com deficiência construam uma identidade não baseada na deficiência, mas sim em suas possibilidades..."
 
"Nosso desafio consiste em reconhecer e respeitar o tempo de crescimento e em saber aceitar uma condição de adulto no lugar de uma eterna criança."

sábado, 30 de abril de 2016

Saboreando a Língua Portuguesa com os Alunos da EJA na Escola Alfredo Vianello Gregório

A professora Maria Helena fez uma atividade que foi uma delícia. Veja como foi...Saboreando a Língua Portuguesa


O primeiro bimestre foi muito produtivo com os alunos do 2º. Termo EJA
Com o objetivo de fazer os alunos reconhecerem a língua portuguesa como realidade social que identifica e aproxima povos e culturas variados, tanto dentro do Brasil como fora dele. 
Foi um trabalho de pesquisa, integração e interação, produção, criatividade, arte, argumentação, reescrita, usando ferramentas da tecnologia e descoberta de habilidades de oratória, música, dança, culinária e demonstração de lutas. 
Os grupos de alunos apresentaram países da lusofonia como: Portugal, Macau, Angola e   Moçambique. Após as apresentações degustamos deliciosos pratos típicos feito pelos alunos.


Parabéns pelas apresentações, deram um show!

sexta-feira, 8 de abril de 2016

O FIM DA PICADA

Foi muito gratificante ver nossos alunos protagonizando esse projeto, afinal é “O Fim da Picada” – Profa. Eliane (Biologia)



Contribuir para preservação da saúde e incentivar atitudes de combate ao mosquito, compõem o objetivo desse projeto.

Tendo em vista a epidemia que assola nosso pais e a necessidade de esclarecimento à população escolar, torna-se de alta relevância esse projeto.

Pesquisando sobre esse assunto, os alunos do 2B/EM desta escola, buscaram conhecimento sobre o mosquito Aedes Egypti, causador das doenças: Zica vírus, Dengue e Chikungunya. Pesquisaram também sobre as formas de prevenção contra as mesmas.

Conscientizados dessas metas, os alunos se reuniram nas aulas de biologia e prepararam mini palestras, onde o público alvo seriam os alunos do EF (Ciclo l - 5ano A e B  e Ciclo II - 6ano A e B)

Tudo previamente autorizados pelas Professoras e Coordenadoras dos ciclos.

Os aluninhos ouviram a palestra com muita atenção e em seguida fizeram uma pesquisa de campo, em uma vistoria nas áreas externas, procurando pontos de contaminação e possíveis criadouros do mosquito. Tudo devidamente monitorado.

Foram observadas algumas calhas com lixo, o que contribui para acúmulo de água parada, em caso de chuva.

Os aluninhos anotavam e fotografavam tudo que viam... e para finalizar fecharam com uma rápida gincana bem divertida para fixar o conteúdo de uma forma lúdica desenvolvendo habilidades e construindo conhecimento.

Projeto realizado pelos alunos do 2B/EM desta escola





Orientação:

Eliane de Souza  Evangelista - Professora de Biologia

Apoio: Élide Passos e Suzana Nascimento - Coordenadoras
Agradecimento aos professores que direta ou indiretamente se envolveram com o projeto.

domingo, 28 de fevereiro de 2016

Trabalhos Exploraram Momentos Diferentes da Arte

Vamos iniciar as publicações no nosso blog. Mas para este início vamos retomar o ano de 2015. A professora Clarice Leal desenvolveu várias atividades com seus alunos. Os trabalhos exploraram momentos diferentes da arte...

Veja como foi:

Releitura Viva


Trabalhamos a mudança da arte no decorrer da história, onde podemos observar a ressignificação e a intenção do artista através do tempo e do surgimento de novos movimentos artísticos.

Vimos as alterações entre os movimentos:

- Renascimento;
- Neoclassicismo;
- Romantismo;
- Realismo;
- Pós-Impressionismo.

A proposta foi dividir a sala em grupos, cada grupo teria que pesquisar sobre um movimento artístico e escolher uma obra, para criar uma "releitura viva".


Proposta realizada com os alunos dos 1º. anos do Ensino Médio - A,B e C.


Grafite - "Quando penso na escola, penso em..."


O grafite é uma forma de manifestação artística em espaços públicos. A definição mais popular diz que o grafite é um tipo de inscrição feita em paredes. Surgiu quando alguns jovens começaram a deixar suas marcas nas paredes da cidade e, algum tempo depois, essas marcas evoluíram com técnicas e desenhos.

O grafite foi introduzido no Brasil no final da década de 1970, em São Paulo. Os brasileiros não se contentaram com o grafite norte-americano, então começaram a incrementar a arte com um toque brasileiro. O estilo do grafite brasileiro é reconhecido entre os melhores de todo o mundo.

Muitas polêmicas giram em torno desse movimento artístico, pois de um lado o grafite é desempenhado com qualidade artística, e do outro não passa de poluição visual e vandalismo. A pichação ou vandalismo é caracterizado pelo ato de escrever em muros, edifícios, monumentos e vias públicas.

Atividade de arte realizada com os 1º anos do E.M - A, B, e C e a temática proposta para a realização do grafite foi: "Quando penso na escola, penso em..."


Além de aprenderem na prática o conteúdo do grafite, foi trabalhado a questão da conscientização sobre a conservação do patrimônio escolar.​

Redução da Maioridade Penal

A professora de português da 8ª. série propôs uma atividade aos alunos, onde deveriam defender suas opiniões em forma de debate com a sala. 

Para isso, eles deveriam estudar sobre o assunto e trabalhar a argumentação. O tema do debate foi - REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL -. Após a atividade de debate, realizei na disciplina de arte o trabalho com a charge, que tem como uma de suas características a ironia sobre temas atuais da sociedade. 

Sendo assim, como houve o estudo para a argumentação do debate, o tema  da charge permaneceu - REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL -, onde os mesmos deveriam expor suas opiniões.


Atividade de arte realizada com os alunos das 8ªs. séries A, B, C e D.


A arte contemporânea


A arte contemporânea é construída não mais necessariamente com o novo e o original, como ocorria no Modernismo e nos movimentos vanguardistas. Ela se caracteriza principalmente pela liberdade de atuação do artista, que não tem mais compromissos institucionais que o limitem, portanto pode exercer seu trabalho sem se preocupar em imprimir nas suas obras um determinado cunho religioso ou político.

Os artistas passam a questionar a própria linguagem artística, a imagem em si, a qual subitamente dominou o dia-a-dia do mundo contemporâneo.

Ela realiza um mix de vários estilos, diversas escolas e técnicas. Não há uma mera contraposição entre a arte figurativa e a abstrata, pois dentro de cada uma destas categorias há inúmeras variantes.

Os artistas nunca tiveram tanta liberdade criadora, tão variados recursos materiais em suas mãos. As possibilidades e os caminhos são múltiplos, as inquietações mais profundas, o que permite à Arte Contemporânea ampliar seu espectro de atuação, pois ela não trabalha apenas com objetos concretos, mas principalmente com conceitos e atitudes.

Apreciamos obras do artista Vik Muniz, que utiliza produtos alimentícios entre outros materiais não convencionais para a confecção de sua arte.

Trabalhos realizados pelos alunos das 8º séries A, B, C e D.


A proposta foi criar obras, utilizando materiais alternativos, como grãos de arroz, feijão, macarrão, açúcar, café, entre outros materiais.




Preparando a Festa Junina

Os alunos do 6º Ano B, contribuíram para a decoração da Festa Junina do Vianello. Alguns dos cartazes confeccionados na aula de arte.






Diferença entre 2D e 3D 

Trabalhamos a diferença entre a bidimensionalidade e a tridimensionalidade. Como os alunos desenvolvem grande parte de seus trabalhos desde o início de sua vida escolar em suporte bidimensional, trabalhei a questão da estrutura tridimensional, onde a execução é diferente.




O material utilizado foi a argila, e a proposta foi a montagem de uma estrutura similar ao corpo humano, com tronco, cabeça e pernas.


Trabalhos realizados pelos alunos do 6º ano A.



terça-feira, 29 de dezembro de 2015

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

A Nossa Escola Sustentável

Durante o 3º Bimestre, um dos projetos realizados pela escola foi: " A Nossa escola sustentável (Matas Ciliares)". Os alunos da escola visitam o Clube Indiano e desenvolve o estudo sobre as Matas Ciliares




Um dos projetos realizados pela escola foi: " A Nossa escola sustentável (Matas Ciliares)", um projeto sobre Educação Ambiental. 

Em sala de aula, para Ciclo I, II e Ensino Médio, foram várias as intervenções dos professores relacionadas ao tema de acordo com o Currículo para cada série. 

Tivemos trabalho com reciclagem, sensibilização com todas as turmas realizadas pelo Grêmio e, plantio, teatro sob a orientação dos professores de Português e Arte.


Como extensão do trabalho realizado em sala de aula, os alunos de Ciclo II e Ensino Médio, juntamente com os professores estiveram na sexta, dia 09/10, no Clube Indiano para uma aula prática sobre Matas Ciliares.


Durante a aula, avistamos uma Barca Especial responsável por realizar a coleta do lixo no entorno da represa diariamente. 

Nos informaram que é retirado dois caminhões de lixo por dia. 


Veja nas próximas publicações entrevista realiza pelo Grêmio.



quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Redução da Maioridade Penal

Tudo começou com uma discussão sobre a redução da maioridade penal. Os alunos foram chamados a produzir um "artigo de opinião" e realizaram um trabalho excelente.


Durante o terceiro bimestre de 2015, os alunos das oitavas séries da escola estadual Comendador Alfredo Vianello Gregório, tinham como objetivo estudar um gênero textual proposto no currículo .

Desta forma, optamos por um projeto no qual, entre várias etapas desenvolvidas, eles teriam que produzir um Artigo de Opinião sobre um tema polêmico atual.

Lembrando que o artigo de opinião é um texto que circula na esfera jornalística da sociedade e que tem por objetivo informar e persuadir o leitor a respeito de determinado tema, ressaltando que é necessário algum tipo de pesquisa prévia em torno do tema escolhido.

Em seguida, optamos pela proposição "Redução da Maioridade Penal", e depois das etapas desenvolvidas, os alunos tiveram que produzir os artigos sob a supervisão e orientação do professor dentro da sala de aula.

Gostaríamos de parabenizar aos alunos da escola que se propuseram a realizar a atividade, participando das discussões propostas e contribuindo assim para o próprio desenvolvimento.

Segue então as produções que se destacaram durante o processo e que por mérito terão aqui seus textos expostos como material de referência para o estudo do gênero.